Rafael Palácios

Rafael Palácios

Rafael Palacios é o mais novo dos nove filhos da família Palacios Remondo (amplamente conhecido por seu irmão mais velho, Alvaro, que revolucionou a região vinícola de Priorat no início da década de 1990). Depois de obter educação formal em Bordéus e trabalhar como produtor de vinhos brancos na propriedade da família em Rioja, conheceu a mineral e rica casta Godello desde 1996 – e em 2004 mudou-se para Valdeorras (Galiza, perto da fronteira portuguesa) , onde conseguiu adquirir e recolher 26 pequenas parcelas de vinhas num total de 24,5 hectares que hoje trabalha. As vinhas são plantadas em locais remotos e altitude de 650 a 740 metros, e o solo é arenoso sobre base de granito e algumas das vinhas estão a aproximar-se dos 100 anos. Devido à erosão, muitas vinhas são plantadas em socalcos e as vinhas desfrutam de uma mistura de climas Atlântico e Mediterrâneo. A maioria das variedades de videiras plantadas nestas parcelas são Godello, com uma pequena parte das engenhosas uvas Treixadura. A viticultura é orgânica e parcialmente biodinâmica, sendo que após a vindima manual a vinificação é tradicional, utilizando exclusivamente leveduras naturais e fermentação em tank & foudre. Os três principais vinhos produzidos são: Louro é feito com as vinhas mais jovens da quinta e envelhece em foudre mais velho. As Sortes é feito a partir de frutas colhidas em vinhas velhas entre 38 e 95 anos e envelhece em barricas de carvalho francês de 500 litros. O vinho de topo, Sorte O Soro, é uma cuvee de menos de 3.000 garrafas por ano de uma única vinha de 0,47ha com vinhas com mais de 40 anos de idade que são cultivadas de acordo com os princípios biodinâmicos. Este vinho envelhece em grandes barricas novas de carvalho francês de 500 litros.

Rafa é internacionalmente considerado um dos principais produtores de vinho branco de Espanha.