Gramona

Em 1850, nosso bisabuelo, Josep Batlle, trabalhou como enólogo e agricultor para a família que possui as vinhas de La Plana, no vale do rio Noia. Em tempos de filoxera, uma praga que devastara as vinhas da França e grande parte da Europa, seu filho, Pau Batlle, trabalhava vendendo vinho aos compradores franceses que produziam vinhos espumantes. Eles conheciam bem a Catalunha, já que naquela época era o primeiro fornecedor de suas rolhas. Com o xarel·lo como base, ele aprendeu a refinar nossos vinhos para esse propósito.

Foi assim que, em 1881, criou sua própria adega, o Celler Batlle, e conseguiu comprar as vinhas onde ele viu seu pai trabalhar.

A UNIÃO DE DOIS SAGAS

A próxima geração, sua filha Pilar, casou-se com Bartolomé Gramona, filho do então presidente da Guilda do Tabernáculo de Barcelona e fundador da La Vid Catalana, publicação da Associação dos Produtores de Vinhos da Catalão e nativa de San Sadurní, Josep Gramona.

Isto supôs a união de duas sagas do vinho que no começo do século XX já começaram com a marca Gramona no mundo do espumante.

VISIONANTES E PIONEIROS

Em 1945, uma nova era começou com força, com Bartomeu e Josep Lluís, a geração de esforço. Visionários e pioneiros na adega de longo envelhecimento. O primeiro Gramus III Lustros foi feito em 1951 para ser pioneiro: um cava concebido com uma longa vocação de envelhecimento (foi comercializado desde 1961). Até o final do século 20, os dois irmãos dirigiram o curso de uma pequena adega que foi altamente avaliada pela qualidade de suas cavas.

A alma desta geração, Josep Lluis Gramona, ainda cuida que o navio siga seu curso, pisando todos os dias nossas terras.

A PERSONALIDADE DE UM VINHO

Hoje, a história do nosso vinho é explicada pela personalidade de uma nova geração, formada por um adepto Gramona-Jaume – teimoso, trabalhador, expediente e descobridor; e para outro Gramona-Xavier-analista, pensador e sonhador, ambos comprometidos com a excelência do cava. Acima deles, o de Gramona, pai e tio, – Josep Lluís – espírito eterno e jovem, mas já experimentado e cauteloso, que conseguiu transmitir ao antigo os valores do seny tão típico do empresário catalão como sempre. Hoje, interpretamos e transformamos a riqueza da herança recebida das gerações anteriores.

NOSSA EQUIPE

Eles se juntaram a uma equipe de entusiastas, amantes do vinho, que se esforçam para dar valor à proposta de Gramona: transformar o fruto da terra no melhor vinho espumante possível, em um cava na mesa dos grandes espumantes

  • CATEGORY
  • TAGS