×

Recent Posts

Colheita Seleccionada Antão Vaz & Verdelho - Branco
Ficha Técnica
Colheita Seleccionada Antão Vaz & Verdelho - Branco

Teor Alcoólico: 13,0%

Acidez Total: 4,5 g/L

pH: 3,62

Acidez Volátil: 0,26 g/L

SO2 Livre: 40 mg/L

SO2 Total: 94 mg/L

Prova organoléptica: Apresenta cor citrina, aroma intenso de fruta, com notas de meloa e maçã. No paladar é equilibrado, suave, frutado e mineral.

Ver +
Herdade das Albernoas
Ficha Técnica
Herdade das Albernoas

Álcool: 13,0%

Acidez Total: 4,9 g/L

pH: 3,43

Acidez Volátil: 0,31 g/L

SO2 Livre: 32 mg/L

SO2 Total: 128 mg/L

Enólogo: Rui Reguinga

Açúcares Totais: 1,1 g/dm3

Prova organoléptica: Cor citrina. Aroma frutado, fresco e elegante.

Sugestão de acompanhamento: Peixes e marisco; massas com molho suave e fresco.

Ver +
Herdade Paço do Conde
Ficha Técnica
Herdade Paço do Conde

Álcool: 13,5%

Acidez Total: 4,9 g/L

pH: 3,39

Acidez Volátil: 0,32 g/L

SO2 Livre: 30 mg/L

SO2 Total: 76 mg/L

Açúcares Totais; 1,45 g/dm3

Prova organoléptica: Cor citrina. Aroma frutado, com notas de fruta madura (pêra e pêssego). Paladar equilibrado, fresco, frutado e acídulo no final.

Sugestões de acompanhamento: Canapés, presunto, queijos frescos ou leves, marisco e peixe assado

Ver +
Herdade das Albernoas Tinto - 2011
Ficha Técnica
Herdade das Albernoas Tinto - 2011

Álcool: 13,5%

Acidez Total: 5,5 g/L

pH: 3,79

Acidez Volátil: 0,78 g/L

SO2 Livre: 31 mg/L

SO2 Total: 90 mg/L

Prova organoléptica: Cor rubi. Aroma frutado, com notas de frutos vermelhos. Paladar macio, equilibrado e muito suave no final de prova.

Ver +
Herdade Paço do Conde Rosé - 2012
Ficha Técnica
Herdade Paço do Conde Rosé - 2012

12,5%

Acidez Total: 5,4 g/L

pH: 3,38

Acidez Volátil: 0,27 g/L

SO2 Livre: 30 mg/L

SO2 Total: 145 mg/L

Prova organoléptica: Cor rosada. Aroma muito frutado, com notas de frutos vermelhos. No paladar está equilibrado, fresco, macio e final elegante.

Ver +
Herdade Paço do Conde Reserva - Tinto - 2008
Ficha Técnica
Herdade Paço do Conde Reserva - Tinto - 2008

Álcool: 14,1%

Acidez Total: 5.8 g/L

pH: 3,53

Acidez Volátil: 0,60 g/L

SO2 Livre: 29 mg/L

SO2 Total: 92 mg/L

Prova organoléptica: Cor granada. Aroma complexo, intenso com notas de fruto preto. Paladar encorpado, equilibrado; taninos suaves, final persistente.

Ver +
Herdade Paço do Conde Tinto - 2011
Ficha Técnica
Herdade Paço do Conde Tinto - 2011

Álcool: 14,5%

Acidez Total: 5,4 g/L

pH: 3,76

Acidez Volátil: 0,86 g/L

SO2 Livre: 26 mg/L

SO2 Total: 69 mg/L

Açúcares Totais: 5,4 g/dm3

Prova organoléptica: Apresenta na prova cor granada, aroma intenso, com notas de cereja preta e armoas silvestres, harmoniosamente envolvidos em notas de carvalho americano. Paladar equilibrado, suave e final de boa persistência.

Ver +

Herdade Paço do Conde

Inspirados no sol e temperados pela terra, os vinhos e azeites da Herdade Paço do Conde são estruturados e elegantes, particularmente aptos para a mesa dos “Gourmets”
Vinhos e Azeites Paço do Conde

Implantada na Região do Alentejo (Sul de Portugal), a Herdade Paço do Conde e anexos perfazendo uma área de 4.000 hectares é actualmente explorada por três irmãos.
Referências históricas falam que a “Quinta Paço do Conde” pertencia a D.Nuno Alvares Pereira que a doou à sua filha, Cremilde Pereira, em dote de casamento com D. Martim Lacerda. Estávamos no ano de 1378.

A Empresa

O grupo PAÇO DO CONDE, constituído por diversas sociedades distintas de apenas três sócios irmãos – José, Luísa e Miguel Castelo Branco – explora actualmente 4.000 hectares de área agrícola no baixo Alentejo, sendo proprietário de 2.700 hectares do total explorado.

Em 2002 nasce, na sua vertente vitivinícola, a Sociedade Agrícola Encosta do Guadiana (SAEG) como produtora de vinhos do Sul do Alentejo com as marcas Herdade do Paço do Conde e Herdade das Albernoas.

Este projecto tem origem num amplo esforço de reconversão da actividade agrícola por parte dos seus sócios com vista à substituição da tradicional cerealicultura de sequeiro pela vinha e o olival, passando estes a ter um papel de destaque.

A produção de azeite, que complementa o vinho na oferta da SAEG, começou em 2005 e desde 2007 conta com instalações próprias, lagar, equipado com a melhor tecnologia e com uma capacidade para laborar 270 toneladas de azeitona por dia.

A Adega

A vertente agro-industrial, com a finalidade de comercializar produtos acabados de alta qualidade e não apenas os produtos agrícolas produzidos na herdade, não é mais que uma sequência lógica de todo o forte investimento na reestruturação agrícola efectuada.

Assim, em 2002 é terminada a obra da Adega instalada em seculares construções agrícolas existentes na Herdade Paço do Conde, num trabalho de conservação patrimonial de grande efeito. A alta tecnologia com que conta coabita na perfeição com a traça tradicional e típica da edificação alentejana de há cem anos.
Sob a direcção técnica do enólogo Rui Reguinga, a adega dispõe da capacidade de vinificação para 1.000.000 de litros.

O percurso de visita à adega é uma revelação simultânea de modernidade e tradição. Características dos vinhos Paço do Conde, disponíveis para prova numa sala que foi instalada para o efeito. Graças às paredes de vidro, enquanto se prova os vinhos acompanha-se toda a laboração na adega.

Os Vinhos

A produção de vinhos da adega reparte-se por duas marcas: “Herdade Paço do Conde” e “Herdade das Albernoas”.
Herdade Paço do Conde – Conjuga em composições harmoniosas castas nacionais – Touriga Nacional, Trincadeira e Aragonês – com castas estrangeiras – Syrah, Cabernet Sauvignon, Alicante Bouschet e Merlot. É o porta-estandarte da adega em matéria de qualidade e complexidade.

Herdade das Albernoas – Com uma composição de castas variável consoante a colheita, estes vinhos estão prontos a beber desde cedo e visam o grande consumo, dentro e fora do país, sendo esta uma das 3 marcas de vinhos tintos portugueses mais vendidos no Canadá.
Os vinhos de Rui Reguinga na SAEG são muito equilibrados e elegantes. Isso torna-os particularmente aptos para a mesa, proporcionando geralmente boas harmonias com a comida.

O sucesso dos vinhos Herdade do Paço do Conde e Herdade das Albernoas tem sido uma constante demonstrada pelas críticas e consumidores nacionais que cada vez mais lhe dão preferência.

Inúmeras medalhas de ouro e outros prémios importantes recompensam o nosso trabalho e a dedicação do nosso enólogo – Rui Reguinga, um dos mais eminentes enólogos portugueses.

Actualmente cerca de 70% da produção é para exportação e prevê-se que o aumento de vinha tenha que ser feito para satisfazer a procura de um produto que tem uma grande qualidade aliada a um preço muito competitivo.

Graças a um trabalho aturado e sistemático de plantação e replantação de vinha, juntamente com a construção da nova adega, os vinhos Paço do Conde apresentam um perfil moderno e correspondem à procura actual do mercado. Cobrem uma gama vasta de marcas e estilos, começando nos vinhos mais acessíveis e prontos a beber, para terminar nos vinhos de grande guarda, hoje entre os melhores do Alentejo.

 

TOP